TRATADO DA EMENDA DO INTELECTO

Código: 371

Autor: Espinosa

Editora: EDITORA UNICAMP

De R$ 40,00 Por R$ 20,00
SINOPSE
 

Ante omnia, antes de tudo. Eis a expressão que situa o Tratado da emenda do intelecto no interior do sistema espinosano. Não apenas por ser, muito provavelmente, a mais antiga obra escrita por Espinosa. Nem somente porque, tratando do método, o texto narra e explica o caminho que conduz à Philosophia. Mas principalmente porque a tarefa preparatória consiste, paradoxalmente, no reconhecimento de que aquilo que esperaríamos encontrar alhures, como uma meta ao fim desse caminho, sempre esteve junto de nós: “temos, pois, uma ideia verdadeira”. O Tratado da emenda do intelecto é um texto sobre a descoberta da imanência, pois, sob a forma dessa atividade produtiva das ideias verdadeiras e das propriedades que o intelecto há de possuir para exercê-la, encontramos em nós uma expressão da própria causalidade imanente pela qual Deus, ou seja, a Natureza, produz todas as coisas como seus efeitos internos.

Benedictus de Spinoza, ou Bento de Espinosa (1632-1677) foi um dos grandes racionalistas e filósofos do século XVII dentro da chamada Filosofia Moderna, ao lado de René Descartes e Gottfried Leibniz. É considerado o fundador da crítica bíblica moderna, defensor da tese Deus sive Natura (Deus, ou seja, a Natureza) ao redor da qual organiza-se uma filosofia de caráter marcadamente sistemático, passando pela lógica e pela teoria do conhecimento até alcançar o campo da ética e da política.

Compre em formato digital:
Macaw Press


FICHA TÉCNICA
 
ISBN: 9788526812338
Ano da Publicação: 2015
Edição: 1
Formato: 23,00 x 13,00 x 0,80 cm.
Nº Páginas: 104 pp
Peso: 200 g.